Livre-se das estrias e celulite com essa receita poderosa

Livre-se das estrias e celulite com essa receita poderosa

Conheça os ingredientes capazes de atuarem juntos na prevenção ao pesadelo estético que assombra muitas pessoas

Saiba mais: Estrifree benefícios

Nem sempre os tratamentos estéticos tradicionais cabem no nosso bolso, não é? Mas, e se você pudesse fazer em casa uma receita simples, com produtos naturais que te auxiliam a prevenir as estrias, celulite e ainda combatem o envelhecimento?

É o que ensina o Fitoterapeuta Naturopata André Resende. Ele reuniu em uma única receita ingredientes capazes de atuarem juntos na prevenção ao pesadelo estético que assombra muitas pessoas! Conheça!

Livre-se das estrias e celulite com essa receita poderosa
Foto: depositphotos

1. Óleo de abacate
O Óleo de abacate é rico em vitamina B. Essa substância é muito eficaz quando o assunto é hidratação. Por isso, ele é um dos ingredientes indicados pelo fitoterapeuta para compor a receita de extrato fluido para combater as estrias. As estrias são formadas quando a pele perde a elasticidade e forma pequenas fendas. Por isso, manter a pele hidratada é o primeiro passo para fugir delas!

2. Óleo de café
É surpreendente como podemos usar a natureza a favor da nossa saúde. Você sabia que a borra do café é um dos tratamentos caseiros mais eficazes contra a celulite? Isso acontece porque a cafeína presente no alimento estimula o organismo e faz com que a pele fique mais uniforme, eliminando os furinhos conhecidos como celulite.

2. Óleo de chá verde
O chá verde também ajuda a queimar a gordura corporal e, por conseguinte, eliminar celulites. Isso acontece por conta da presença dos flavonoides presentes em sua composição, eles ajudam a acelerar o metabolismo e a eliminar substâncias que causam o envelhecimento precoce.

3. Óleo de ginkgo biloba
O ginkgo biloba tem em sua composição flavonoides e terpenoides que são antioxidantes poderosos. Eles atuam no organismo na eliminação de radicais livres que quando ficam soltos na corrente sanguínea provocam a destruição das células. O resultado disso é o envelhecimento acelerado.

4. Óleo de cenoura
O Óleo de cenoura é rico em vitaminas A e E. Essas substâncias proporcionam o efeito hidratante à pele. Isso faz com que diminua o aparecimento das indesejáveis estrias.

👉🌿 Pouca gente sabe deste produto natural que derrete gorduras e manda a fome emocional embora.
5. Óleo de alecrim
O alecrim é conhecido por sua ação calmante e expectorante. Além disso, ele também é muito bom no combate a problemas digestivos e eliminação dos gases. Por ter propriedade antioxidante, ele combate os radicais livres que prejudicam as células.

Receita
Misture 30 ml de cada óleo acima citado e guarde a solução em um ambiente fresco e longe da umidade. Você deve aplicá-lo no corpo todos os dias após o banho.

ÓLEOS ESSENCIAIS RELAXANTES

ÓLEOS ESSENCIAIS RELAXANTES

Quem é que não curte um aroma gostoso, né? Melhor ainda se sua essência for puríssima. Já expliquei uma vez no blog (há 5 anos, direto do túnel do tempo! hahahaha) que todo perfume nada mais é que uma mistura de água, álcool e óleos essenciais aromáticos. E é sobre esses últimos que vou falar na resenha de hoje!

Leia também: Óleo de baobá como usar

Para verem meu dossiê completo sobre perfumes, cliquem aqui!

ÓLEOS ESSENCIAIS RELAXANTES DA L’OCCITANE
óleos essenciais

Como devem saber, a L’Occitane é uma marca que trabalha fortemente com a extração dos óleos essenciais para a fabricação de perfumes e cosméticos. Eles são retirados de flores, plantas e ervas por meio de métodos variados, sendo o mais comum a destilação. É por isso que, dentro da linha Aromacologia, há um coquetel relaxante feito dos óleos essenciais extraídos da lavanda, bergamota, laranja e gerânio.

óleos essenciais

A combinação, de acordo com a marca, é sutil e possui aroma delicado, ajudando a aliviar o estresse. Curto bastante essa pegada ~natureba e, por isso, fiquei animada com o produto. Ele vem nessa embalagem mini de vidro (com 10 ml), com um dosador na ponta. Lembrem-se de que óleos essenciais são extremamente concentrados, por isso não é necessário muito para sentir um aroma presente.

COMO USAR OS ÓLEOS ESSENCIAIS RELAXANTES
óleos essenciais

As sugestões de uso indicadas pela L’Occitane são: diluir 15 gotas na água da banheira ou 5 gotas em 2 colheres de sopa de óleo neutro para massagem. Como não tenho nenhum dos dois, usei outras técnicas!

A primeira foi incluir na prateleira do box um potinho com água quente e os óleos essenciais diluídos. O banho ficou muito mais gostoso (pode ser coisa da minha cabeça, claro, mas me sinto a própria Cleópatra fazendo spa, hahahaha). Já a outra foi colocar gotinhas do produto em um algodão e deixá-lo perto do travesseiro para um sono restaurador. Não tive alergia e o cheirinho é uma delícia, tranquiliza mesmo!

ÓLEOS ESSENCIAIS RELAXANTES: A FÓRMULA PURA
óleos essenciais

Como nem tudo é perfeito, os Óleos Essenciais Relaxantes Aromacologia são caros pra burro. Cada frasco custa R$ 88 nas lojas L’Occitane (no site da marca está esgotado por enquanto)! É uma frescurinha? Talvez sim, mas estou gostando da experiência de usar! Lembrando que dá para encontrar óleos essenciais em blend de outras marcas também. Fiquem só atentas à fórmula, que precisa ser purinha!

10 máscaras faciais de até R$ 37 para você fazer um spa em casa

10 máscaras faciais de até R$ 37 para você fazer um spa em casa

Tem pra remover cravos, diminuir manchas, rejuvenescer a pele…

Poucas coisas são tão relaxantes quanto acender uma vela cheirosa, colocar um roupão fofinho, dar o play numa música relaxante e aplicar uma máscara facial.

Seja para fazer aquele detox power (a pele sofre com o excesso de maquiagem, viu?), para remover os cravos ou dar um up na elasticidade do rosto, há opções mil – e bem acessíveis! – para você montar um spa caseiro. A seguir, reunimos 10 opções baratinhas de R$ 12 até R$ 37 para comprar e aplicar hoje mesmo. De nada!

Leia também: Máscara Preta funciona

+ 7 receitas de máscaras faciais para você fazer em casa
+ Descubra as máscaras faciais favoritas das celebridades
+ Coreia calling! Mais de 10 máscaras faciais poderosas e divertidas entre nós

PARA UM DETOX NA PELE…

Máscara Facial Detox Argila Pura Matificante, L’Oréal Paris, R$ 36,90: purifica e remove as impurezas! Compre aqui.

Máscara Facial em Lenço Detox, The Beauty Box, R$ 32: para deixar a pele purificada, hidratada, saudável e iluminada! À venda aqui.

PARA REDUZIR A OLEOSIDADE…

Máscara de Limpeza Facial Korres Pomegranate, Korres, R$ 34,90: absorve o excesso de oleosidade e remove as impurezas da pele. Compre aqui.

Máscara Negra Facial com Minerais Clearskin, Avon, R$ 17,99: remove a oleosidade dos poros obstruídos agindo como um ímã! Compre aqui.

PARA COMBATER AS MANCHAS…

Máscara Facial Clareadora Wild Rose, Korres, R$ 34,90: repara as marcas escuras e uniformiza o tom da pele. Compre aqui!

+ Top 5 de beleza: máscara facial é “o” produto 1001 utilidades do skincare
+ Já queremos a máscara facial de R$ 15 da Bruna Marquezine
+ Máscara facial é o produto do momento no skincare; encontre a sua

PARA ELIMINAR OS CRAVOS…

Máscara Facial Removedora de Cravos Clearskin, Avon, R$ 12,99: remove cravos, impurezas, oleosidade e sujeira da pele. À venda aqui.

Máscara Esfoliante 3 Em 1 Neo Essens, Eudora, R$ 19,99: combate e previne cravos e espinhas, interrompendo o ciclo de formação da acne. Compre aqui!

PARA REJUVENESCER A PELE…

Máscara Anti-Idade Facial Collagen, Dermage, R$ 12: auxilia na formação de colágeno, melhorando a elasticidade, a luminosidade e maciez da pele. Compre aqui!

Máscara Facial Orquídea, Sephora, R$ 34: combate o aparecimento de rugas e sinais de envelhecimento, deixando a pele mais firme! Compre aqui.

Curte o conteúdo da Glamour? Ele está no nosso app e agora também no Globo Mais, o app que é muito mais do que uma banca. Nele você tem acesso a um conteúdo exclusivo em tempo real e às edições das melhores publicações do Brasil. Cadastre-se agora e experimente 30 dias grátis.

Óleos corporais: 6 tipos e como usá-los para uma pele ultra hidratada

Óleos corporais: 6 tipos e como usá-los para uma pele ultra hidratada

Três especialistas indicam os produtos perfeitos para hidratar e nutrir a derme

Com o fim do Verão e a chegada do Outono, os efeitos dos excessos de sol, praia e piscina começam a aparecer na pele. A dica para repara-los é apostar em óleos corporais que nutrem profundamente a derme com suas propriedades diversas. Qual tipo escolher? Reunimos as dicas de três especialistas — Marcia Rissato (terapeuta floral da Mona’s Flower), Mariana Vitte (naturóloga e coordenadora estética do W Estética & SPA) e Nathalia Carravetta (especialista em aromas da L’eponge) — para desvendar a versão perfeita para a sua necessidade.

SAIBA MAIS
Na própria pele: linha de skincare que aposta em tratamento customizado
O boom de cosméticos para tratar a flora da pele
Tratamento com vitamina C ilumina a pele opaca pelos excessos da praia
Óleo de gerânio e rosa
Este óleo age diretamente no chakra do plexo solar, responsável por redistribuir a energia corporal. Ele é ótimo para drenagens linfáticas e Marcia recomenda misturar oito gotas deste óleo em 10 ml de óleo vegetal base para espalhar pelo corpo antes de iniciar o procedimento de automassagem.

Leia também: Óleo de Argan pra que serve

Óleo de coco
Ficou com a pele ressecada ou desvitalizada após muito sol? Aposte no óleo de coco, que tem caráter cicatrizante e anti-séptico. A dica de Nathalia é aplicar o produto nas mãos e nos pés, regiões de mais ressecamento durante esta época.

Óleo à base de aloe vera, algas e pepino
Se você busca eliminar toxinas e promover a circulação, este é o tipo perfeito para você, como indica Mariana. “Perfeito para remover células mortas, este óleo pode ser utilizado para fazer uma massagem relaxante com manobras modeladoras”, sugere.

Óleo de Argan
Esta é uma opção perfeita para garantir hidratação durante o Outono, já que o óleo promove proteção e nutrição da pele, além de ser anti-idade, rico em vitamina E, polifenóides e ômega 6 e 9. A dica de Nathalia é aplicá-lo durante o banho todos os dias.

Óleo de Pracaxi
Assim como o óleo de Argan, ele é enriquecido em vitamina E e tem ação anti-inflamatória. Ele é um ótimo agente contra celulites — “aplique na área desejada antes de realizar a massagem”, aconselha Marcia.

Óleo de Framboesa
Que se hidratar? Aposte neste óleo, que também conta com alto poder anti-oxidante e é rico em ácidos graxos e tocoferóis naturais. Mariana aconselha aliar o óleoa massagens redutoras de medidas para um resultado ainda mais satisfatório.

Curte o conteúdo da Vogue? Ele está no nosso app e agora também no Globo Mais, o app que é muito mais do que uma banca. Nele você tem acesso a um conteúdo exclusivo em tempo real e às edições das melhores publicações do Brasil. Cadastre-se agora e experimente 30 dias grátis.

A Tendência das Máscaras Faciais de Tecido

A Tendência das Máscaras Faciais de Tecido

Não é segredo nenhum que a brasileira ama importar os hábitos de beleza das asiáticas. Nos apaixonamos por BB Cream anos atrás, estamos aprendendo a seguir os passos da rotina diária das coreanas e até estamos olhando de forma mais crítica as fórmulas dos cosméticos.

E vocês já repararam que as máscaras faciais de tecido vieram com tudo em meio ao boom asiático? O que começou de forma simples por aqui, se tornou uma verdadeira febre, com marcas nacionais apostando na tendência. E esse tsunami de máscaras faciais vai muito além das selfies de Instagram.

Vesti meu chapéu de Sherlock Holmes e decidi investigar a fundo essa tendência. Venha, Watson!

Leia também: Máscara de pepino comprar

As máscaras faciais de tecido (sheet mask, no inglês) começaram a despontar na Coreia do Sul como uma forma de tratamento express, eficiente e barato. Basta aplicar o tecido diretamente na pele, esperar alguns minutos e voilà! Temos uma pele renovada.

E as coreanas são apaixonadas por métodos eficazes e rápidos de cuidar da pele. Coisa que nós ocidentais também amamos. Afinal, não é sempre que temos tempo e nem dinheiro para um tratamento spa, né?

Essas máscaras faciais de tecido lembram muito um lenço umedecido. Elas são embebidas com ativos e fórmulas que hidratam, reparam e cuidam da pele. Algumas até entregam um efeito lifting, diminuem poros e combatem espinhas.

Elas são descartáveis e fáceis de usar. Basta abrir o pacotinho, aplicá-la diretamente na pele por uns 20 minutinhos.

Você pode usar sua máscara para uma ocasião especial em que você queira uma pele impecável. Mas se você quiser seguir os passos das coreanas, vale usar as máscaras duas vezes por semana.

As máscaras faciais de tecido não excluem toda a sua rotina de skincare, viu? Ela serve como um complemento bem babadeiro e que dá um boost nos seus cuidados com a pele.

Como essa febre pegou primeiro na gringa, por muito tempo só existiam opções de máscaras nas marcas importadas. Aqui no Brasil uma das empresas pioneiras em trazer máscaras assim foi a Sephora.

Contudo, a brasileira pegou gosto e o mercado nacional começou a investir em opções baratinhas. A Ricca é uma das empresas pioneiras em explorar esse mercado tão novo ao Brasil.

E eu acredito que essa moda vai pegar cada vez mais. Sinto que a brasileira está valorizando mais produtos de skincare. E o nosso namoro com as máscaras de tecido tem tudo pra virar casamento hehe.

Diferenças Entre os Tipos de Colágenos e Seus Benefícios

O colágeno é uma proteína de origem animal que proporciona firmeza às cartilagens e à pele, além de outras partes do nosso corpo que os ossos não sustentam. Abundante em mamíferos, é encontrada nos tecidos conjuntivos do corpo, tais como ossos, tendões, cartilagens, veias, pele, dentes, mas também nos músculos e na camada córnea dos olhos.

Ele representa de 25-30% das proteínas presentes no corpo humano, sendo alguns tipos de colágeno mais abundantes do que outros. Porém, com o início da fase adulta, a deficiência de colágeno começa a ser notada, pois o organismo diminui sua produção, sendo necessária a sua suplementação.

Os diversos colágenos existentes no mercado apresentam diferenças entre tipo, conteúdo de aminoácidos, composição nutricional e indicação de uso.

Nesse post, entenda a diferença de alguns tipos de colágeno existentes e conheça quais estão disponíveis para manipulação. Acompanhe!

Quais são os tipos de colágeno?
Tipo I
É o mais comum; aparece nos tendões, na cartilagem fibrosa, no tecido conjuntivo frouxo comum, no tecido conjuntivo denso (onde é predominante sobre os outros tipos), sempre formando fibras e feixes, ou seja, está presente nos ossos, tendões e pele.

Tipo II
É produzido por condrócitos, aparece na cartilagem hialina e na cartilagem elástica. Não produz feixes. Presente nos discos intervertebrais, olhos e cartilagem.

Leia também: Skin renov funciona

Colágeno nativo
Essa versão de colágeno não foi reduzida em partículas menores ou desnaturada para a absorção mais otimizada. Todas as outras opções são obtidas a partir desse tipo de colágeno.

Desnaturado
A partir de um processo que consiste no aquecimento, o colágeno desnaturado é preparado — visando maior eficiência dos aminoácidos. Essa desnaturação é um processo irreversível, que altera o pH e atua diretamente nas cadeias peptídicas dos aminoácidos.

Essa versão do colágeno não é uma das mais procuradas entre todos os tipos de colágeno e não promete benefícios para articulações.

Leia também: Fascia

Colágeno hidrolisado
Sendo um dos suplementos mais procurados para auxiliar na saúde da pele, a versão hidrolisada do colágeno traz ainda mais benefícios para melhorar a aparência de quem a utiliza. Com essa suplementação é possível garantir um reforço com efeito rejuvenescedor, além de melhorar a saúde das cartilagens e dos ossos — já que ele é indicado para o tratamento de artrite.

Outro grande benefício do colágeno hidrolisado é que ele é absorvido muito mais facilmente e, assim, garante ainda mais eficiência dos aminoácidos. Isso se deve ao fato de o colágeno ser composto por partículas muito pequenas, o que facilita a rápida absorção da substância.

Os suplementos com colágeno hidrolisado são extraídos da pele de gado com alta qualidade. Eles possibilitam a melhora na hidratação e na suavidade da pele do indivíduo que o utiliza.

De qual maneira o colágeno age no corpo?
O colágeno é amplamente utilizado em questões estéticas, uma vez que contribui para protelar as tão temidas rugas. No entanto, sua presença é muito importante para o bom funcionamento das células e, portanto, do organismo como um todo.

Como se pode notar, a ingestão de colágeno gera vários benefícios para seu organismo. Confira a seguir alguns dos principais resultados:

dá sustentação estrutural para ossos, dentes, pele, vasos e, inclusive, alguns órgãos;
melhora a elasticidade e firmeza da pele;
protege as articulações;
auxilia na prevenção do surgimento das temidas estrias e celulites;
age na prevenção do envelhecimento das células e rejuvenesce a pele;
protege os ossos, prevenindo contra a osteoporose;
promove a renovação das células;
potencializa e melhora a cicatrização.
Quais estão disponíveis para manipulação?
UC II® — Colágeno tipo II não desnaturado

UC II® é um colágeno do tipo II, não desnaturado, derivado da cartilagem de frango. É fabricado através de um processo de produção patenteado, não enzimático, a baixas temperaturas, o que garante a obtenção de um colágeno puro, sem alteração molecular, com atividade biológica inalterada.

É capaz de dessensibilizar o sistema imunológico. Dessa forma, previne o “ataque” autoimune às cartilagens. Por consequência, há um bloqueio da inflamação, sem a qual o paciente não apresenta mais o quadro de dor.

Tudo Sobre Colágeno

O colágeno é uma classe bastante abundante de proteínas formadas por aminoácidos no organismo humano. Ele tem a função de manter as células unidas e é o principal componente proteico de órgãos como a pele, cartilagens e ossos.

A produção de colágeno é o resultado de uma complexa sequência de eventos bioquímicos no interior das células. Pelo fato de o colágeno ser produzido naturalmente pelo nosso organismo, ele pode ter uma produção diminuída ou exagerada, causando alguns danos à nossa saúde.

Quando entramos na fase adulta (a partir de 30 anos), a deficiência do colágeno começa a ser notada. Nessa fase fica mais visível a diminuição da elasticidade da pele, o aparecimento de rugas e o aumento da fragilidade articular e óssea. Por isso é importante repor esse nutriente.

Deficiência do Colágeno
A deficiência de colágeno, também chamada de colagenose, acarreta problemas como: má formação óssea, rigidez muscular, problemas com o crescimento, inflamação nas juntas musculares, doenças cutâneas, entre outros.

A deficiência de colágeno está também associada à diminuição da espessura do fio capilar e com a desidratação e perda de elasticidade da pele, culminando em flacidez e no aparecimento de rugas e estrias. Além disso, prejudica as articulações e enfraquece os ossos.

Como repor o colágeno?
Já que com o tempo o organismo vai diminuindo a produção de colágeno, existe alguma forma de repor?

Sim, até existe, mas se for tomar o colágeno em forma de suplemento deve ser em boas quantidades e pro resto da vida. E dependendo de como for esse suplemento, se for de má qualidade, não irá fazer efeito algum. Além do suplemento de colágeno, existem duas formas eficientes para reposição, que são:

Proteína: A melhor forma de repor o colágeno é na ingestão de proteínas. Como qualquer proteína que ingerimos, o colágeno é desmembrado em aminoácidos, através da digestão. Os aminoácidos são os “tijolos” da proteína: depois de digerida, a proteína, desmembrada na forma de aminoácidos, é recombinada da maneira que o corpo precisa, seja como tecido muscular, pele, unhas, cabelos… ou colágeno.

O colágeno nada mais é que um tipo de proteína. Uma de suas principais funções é formar fibras que dão sustentação à pele (para quem se exercita, contribui também na formação dos músculos). Extraído do osso e da cartilagem do boi, o colágeno passa pelo processo de hidrólise (quebra das moléculas de proteína) para ser mais facilmente absorvido pelo organismo.

Leia também: Skin renov é bom

Gelatina: Outra forma de reposição é a ingestão de gelatina. A gelatina é um produto feito a partir do colágeno e contém proteínas que, quando absorvidas pelo intestino, são parcialmente digeridas e fornecem aminoácidos fundamentais para a manutenção dos ossos e reconstituição de algumas articulações.

A gelatina contém 18 aminoácidos. O organismo humano necessita de 10 dos chamados aminoácidos essenciais, que são consumidos através dos alimentos. A gelatina contém 9 destes aminoácidos essenciais em uma proteína alimentícia de fácil digestão e utilização.

O aminoácido triptofano não está presente na gelatina; entretanto, isto não é muito significativo uma vez que este aminoácido é encontrado em quantidades adequadas em outros alimentos.

Quanto à reposição de colágeno, especialistas divergem em suas opiniões: alguns acreditam que a reposição não resolve, enquanto outros acreditam que ela é perfeitamente válida.

Leia também: Nutren Beauty funciona

E sobre o colágeno hidrolisado?
Ele até pode funcionar, dependendo do caso, mas a forma mais eficiente de repor o colágeno é a ingestão de proteína.

O colágeno hidrolisado (um tipo especial de gelatina) contém os aminoácidos essenciais glicina e prolina em concentração 20 vezes maior do que outras proteínas. Ambos são componentes importantes do tecido conjuntivo e asseguram sua consistência e elasticidade. Ele também tem efeito regenerativo em ossos e articulações.

Benefícios da Reposição do Colágeno
Retarda o envelhecimento e previne rugas
Combate a flacidez da pele
Fortalece unhas e cabelo
Contribui para saúde dos ossos
Previne o aparecimento da celulite e estrias
Colabora no aumento da tonicidade dos músculos
Auxilia no funcionamento do sistema linfático

Aplicação Cosmética
O colágeno é uma proteína “mágica” para deixar a pele mais firme. Alguns dermatologistas já provaram que, ao usar produtos de beleza que levam o composto em sua fórmula, a pele torna-se mais macia, firme e saudável. O colágeno também ajuda na manutenção do tônus muscular deixando a pele mais firme e menos flácida.

Indicação do Colágeno Hidrolisado
É indicado para pessoas acima de 30 anos. Como suplemento nutricional é indicado para pessoas fisicamente ativas que desejam aumentar o consumo de proteínas, assim como para o fortalecimento de unhas e cabelos. Também é indicado em processos de cicatrização e recuperação de lesões e em processos de emagrecimento.

Como utilizar o colágeno?
Você pode usar a suplementação de colágeno hidrolisado tanto em cápsulas quanto em pó. Se você quer melhorar a produção de colágeno no organismo, é necessário investir nas proteínas.

Agora a Dúvida: Suplemento de Colágeno Hidrolisado Realmente Funciona?
Então… Eu estava tomando uma colher de sopa por dia de colágeno hidrolisado, por indicação médica, até que ouvi um médico (Dr. Mauro Fisberg) dizer que tomar suplemento de colágeno hidrolisado simplesmente não resolve nada, ou seja: para o colágeno ingerido chegar até a pele, a quantidade deve ser absurdamente grande, tornando essa ingestão de colágeno inútil. Eu até achei que faz algum sentido o que ele disse, mas teria que ouvir mais opiniões de nutrólogos. Sim, porque a imensa maioria das dermatologistas de fato recomendam o colágeno hidrolisado.

Mesmo os que dizem que funciona, alertam que o colágeno deve ser de boa qualidade e que deve ser tomado pra sempre; não adianta nada tomar por 1 ou 2 anos somente.

A babosa é uma grande aliada dos seus cabelos

A babosa, ou aloe vera, é facilmente encontrada no Brasil, na Índia, Ásia Central e nos países africanos. São aproximadamente 200 espécies, entretanto, somente quatro podem ser usadas; dessas, a Aloe arborensis e a Aloe barbadensis Miller reúnem maior concentração de nutrientes. A babosa é uma aliada dos cabelos, mas tem outras finalidades. Conheça aqui seus principais benefícios.

Babosa recupera a saúde dos cabelos
O gel da babosa tem as vitaminas A, E, B1, B2, B3, B6, B12 e C. Seus princípios ativos, aloeferon e antraquinona, agem, respectivamente na multiplicação celular e como antisséptico. As substâncias impedem a proliferação de bactérias no bulbo capilar, o que causa excesso de sebo e queda dos fios. Saiba como usar a babosa para hidratar os cabelos:

Leia também: benefícios da Babosa

Corte as folhas na base e colha o gel. Aplique-o nos fios, com cuidado para não tocar a raiz, e deixe por 15 minutos. Enxágue e lave os cabelos como de costume;
Lavar os cabelos com xampu. Misture o gel da babosa com seu creme de hidratação favorito. Enluve bem os fios, coloque touca plástica e deixe agir por 30 minutos. Enxágue, aplique o condicionador, retire e finalize como desejar.
Dica: você pode acrescentar mel, gema de ovo ou óleos vegetais (abacate, amêndoas ou argan) junto com o gel.

Melhora a aparência da pele
Sabia que a babosa é um poderoso cicatrizante? Quem responde por isso são os taninos, substâncias que renovam a pele. Aprenda a utilizá-la:

Aplique uma colher de sopa do gel nas cicatrizes. Espere 30 minutos e retire com água morna. Faça o procedimento no máximo duas vezes por semana.
Misture o gel da babosa com bicarbonato e tenha um esfoliante para espinhas. Com o rosto molhado, passe apenas no local das manchas e cicatrizes e deixe por menos de 1 minuto. Faça o procedimento uma vez por semana.
Babosa ajuda a emagrecer
Embora existam poucos estudos sobre a influência da aloe vera na perda de peso, sabe-se que ela faz os alimentos ficarem menos tempo no intestino, acelera o metabolismo e ajuda a reduzir o índice de massa corporal (IMC). O famoso suco de babosa tem efeito detox e seu consumo deve ser aliado à ingestão de água, ao consumo de fibras, legumes/verduras e exercícios. A dose recomendada é meio copo americano de 2 a 3 vezes por dia. Confira a receita:

1 copo de água;
2 colheres de sobremesa do gel da babosa;
3 fatias de abacaxi;
Se julgar necessário, adoce com açúcar demerara, mascavo ou mel.

Contraindicações: gestantes, mulheres amamentando, mulheres com fluxo menstrual intenso, pessoas com problemas intestinais, doença de Crohn e crianças.

Efeitos colaterais: dores estomacais, diarreia, desidratação e afetar ação de alguns remédios.

Ajuda a reduzir o diabetes
O glucomanano, a lectina e as antraquinonas são fibras que diminuem o açúcar no sangue. A planta também atua na remoção de toxinas comuns nos diabéticos. Preparar o suco de babosa para diabetes é fácil: bata no liquidificador o gel da babosa com um copo de água, não adoce e beba na hora.

Colágeno Em Pó Ajuda a Promover Uma Pele Mais Saudável

Colágeno Em Pó Ajuda a Promover Uma Pele Mais Saudável

O colágeno é uma das proteínas presentes no organismo que promovem uma pele saudável. Ele é usado em diversos tratamentos estéticos, inclusive em cirurgias plásticas para remoção de rugas e marcas relacionadas ao envelhecimento na pele.

Hoje em dia, é possível aumentar a quantidade de colágeno no organismo através de suplementos. O colágeno hidrolisado em cápsulas, por exemplo, pode ser usado para melhorar a saúde da pele. No entanto, é sempre bom, antes de tomar qualquer tipo de suplemento, conhecer um pouco mais sobre como a substância age no corpo e se ela realmente funciona.

Assim, o nosso objetivo abaixo é mostrar se o colágeno hidrolisado funciona mesmo e dar dicas da melhor maneira de consumir este suplemento.

Colágeno hidrolisado – O Que é
O colágeno hidrolisado é produzido através de ossos e cartilagem de animais. Esses restos animais são moídos e através de um processo químico que utiliza ácido clorídrico ocorre a remoção do cálcio e hidróxido de sódio para desidratar o material através de uma reação de hidrólise.

Além de poder ser usado como suplemento dietético, o colágeno hidrolisado já é encontrado em alguns alimentos, como principal componente da gelatina, por exemplo, e como um revestimento para cápsulas de diversos tipos de medicamentos.

Além da saúde da pele, o colágeno hidrolisado desempenha um papel importante na saúde das unhas e dos cabelos. É natural que, conforme envelhecemos, o colágeno naturalmente presente na pele comece a se degradar, o que é notado através do surgimento de rugas e do ressecamento da pele, principalmente na região da face e do pescoço, onde a pele é mais fina.

Assim, ingerir colágeno hidrolisado em forma de suplementos pode ajudar a eliminar esses problemas e deixar a pele jovem e saudável por mais tempo.

Principais benefícios
O colágeno compõe cerca de 75% da nossa pele. Ao longo do tempo, é normal que o organismo diminua a produção dessa proteína. Por isso que tantas pessoas buscam a suplementação, para evitar os efeitos negativos da redução de colágeno na pele. Os principais benefícios do colágeno no organismo incluem:

ARTIGOS COMPLEMENTARES
Colágeno Hidrolisado Engorda?
Colágeno Hidrolisado Emagrece?
O Suplemento que Você Deve Tomar para Evitar Dores nas Articulações
Exsynutriment – Para Que Serve, Como Funciona e Efeitos Colaterais
Melhoria da saúde da pele;
Cabelo saudável;
Unhas mais fortes;
Melhoria da saúde das articulações;
Influência positiva na cicatrização e processos inflamatórios;
Reconstrução de músculos e aumento da massa muscular;
Perda de peso.
Embora algumas pessoas indiquem que o uso de colágeno pode aumentar a massa muscular e ajudar na perda de peso, tais constatações não são comprovadas cientificamente.

Colágeno em cápsulas ou em pó?
O colágeno hidrolisado pode ser disponibilizado para consumo de duas maneiras: em cápsulas ou em pó. São suplementos vendidos sem receita e que devem incluir informações sobre dosagem recomendada em seu rótulo. Os fabricantes de colágeno em geral costumam indicar uma dose diária de 10 gramas de colágeno hidrolisado.

– Colágeno hidrolisado em cápsulas

As cápsulas ou comprimidos de colágeno hidrolisado são encontrados em farmácias e em algumas lojas de produtos naturais. O colágeno em cápsulas deve ser tomado com um pouco de água e sua absorção pelo organismo demora um pouco mais do que a versão em pó, mas acaba se tornando mais prático se você pretende tomar o suplemento fora de casa.

– Colágeno hidrolisado em pó

O colágeno hidrolisado em pó também é facilmente encontrado em lojas que vendem produtos naturais. Por ser em pó, essa forma de colágeno é mais rapidamente absorvida pelo organismo. Além disso, ela pode ser misturada com outros alimentos para ingestão. Por exemplo, é possível adicionar o colágeno em pó em sucos, shakes, smoothies e até mesmo em receitas como caldos e sopas.

Leia também: Skin renov Anvisa

Colágeno hidrolisado funciona mesmo?
O colágeno hidrolisado nada mais é do que uma proteína formada por junção de diversos aminoácidos. Os aminoácidos podem ser obtidos de várias fontes alimentícias como carnes, peixes, produtos lácteos, entre outros. Esses aminoácidos obtidos da dieta podem ser reorganizados para formar outras proteínas, que podem servir para diversas funções no organismo, incluindo a produção de colágeno.

O que os especialistas querem dizer é que qualquer fonte de proteína, sendo colágeno ou não, são processadas da mesma maneira pelas enzimas do nosso metabolismo. Assim, não há como tomar um suplemento e esperar que ele atue em um tecido específico do organismo como a pele, por exemplo.

Dessa forma, não existe uma prova na literatura científica, de que os aminoácidos presentes no colágeno hidrolisado ingerido pelo organismo realmente vão se organizar para aumentar especificamente a produção de colágeno no corpo. Ao usar o suplemento diariamente, as chances de que isso ocorram aumentam. Mas não há nenhuma garantia de que todo o colágeno consumido será realmente transformado em colágeno.

Assim, embora existam diversos estudos clínicos sobre os potenciais benefícios do uso de colágeno hidrolisado, essas pesquisas ainda não têm uma quantidade significativa de publicações. Portanto, não podemos afirmar que o colágeno hidrolisado funciona pois cientificamente isso ainda não há provas concretas de que isso ocorre devido à suplementação. Porém, existem muitos indícios de que a substância funciona e que pode ser usada sem riscos à saúde.

Leia também: comprar Colágeno em pó

Até agora, só existem estudos que testam o colágeno a curto prazo. O uso a longo prazo de suplementos de colágeno hidrolisado ainda não foi bem estudado. Assim, mais pesquisas no setor precisam ser feitas para ter certeza sobre os benefícios do uso do produto. Desta forma, o mais indicado é que você só use esse tipo de suplemento sob orientação médica.

Apesar de precisar de mais pesquisas na área, o uso de colágeno na forma de suplementos parece ser totalmente seguro e não há interações medicamentosas relatadas até o momento.

Veredicto
Os suplementos de colágeno hidrolisado sugerem bons resultados nos estudos científicos até então realizados. Porém, não há como afirmar que tais benefícios se devem apenas à suplementação ou se têm a ver com hábitos ou com a dieta adotada pelos participantes das pesquisas.

Assim, apesar dos resultados positivos, ainda há uma grande controvérsia entre os cientistas se o colágeno hidrolisado funciona ou não.

Dicas
Você pode usar os suplementos de colágeno hidrolisado na sua dieta, desde que esteja em equilíbrio com uma dieta saudável. Além disso, como a eficácia do suplemento não é totalmente comprovada, é interessante consultar um profissional da saúde para orientar sobre os potenciais benefícios ou não da suplementação com colágeno hidrolisado.

Uma alternativa é ingerir boas fontes de proteína através da dieta, através de alimentos naturais ou até mesmo de gelatina, que é rica em colágeno.

Além disso, existem outra formas de se manter jovem e saudável. Uma dela é diminuir a ingestão de açúcar e produtos com muito sódio, por exemplo. Também é importante ter uma rotina de exercícios e uma dieta bem equilibrada com diversos nutrientes que nosso corpo necessita.

Leia mais https://www.mundoboaforma.com.br/colageno-hidrolisado-funciona-mesmo/#qpz7OxUzY5MTxbFi.99

Diferenças entre o colágeno hidrolisado e o colágeno não hidrolisado

Diferenças entre o colágeno hidrolisado e o colágeno não hidrolisado

O colágeno é uma proteína fibrilar presente no tecido conjuntivo, representando quase um terço
do total de proteína corporal. Quais são os tipos de colágeno e qual a diferença entre eles?

Leia também: Colágeno tipos 3 e 1

O colágeno é uma proteína fibrilar presente no
tecido conjuntivo, representando quase um terço
do total de proteína corporal. É processado de
várias maneiras e tem sido utilizado com diversas
finalidades. Para fins cosméticos, é injetado na
derme para corrigir cicatrizes e outras
deformidades da pele. Por via oral, vem sendo
utilizado para supressão do processo inflamatório
na artrite reumatoide, na osteoartrite e na
esclerodermia.
Mas qual a diferença entre colágeno hidrolisado e
colágeno não hidrolisado?
O colágeno hidrolisado de grau farmacêutico é um pó solúvel obtido por hidrólise de gelatina
através de um processo enzimático. É considerado de baixo valor biológico por não conter todos
os aminoácidos essenciais.

Leia também: Colágeno tipos 1

É descrito que há diferenças no mecanismo de ação entre o colágeno hidrolisado e o colágeno não
hidrolisado. O colágeno não hidrolisado, em especial o colágeno tipo II, é usado principalmente
em pacientes com artrite reumatóide. Embora as evidências advindas de ensaios clínicos sejam
ainda inconclusivas, acredita-se que o colágeno não hidrolisado reduza reações autoimunes contra
o colágeno da cartilagem articular, promovendo proteção do tecido cartilaginoso e alívio dos
sintomas da doença.

Leia também: Skin renov bula
Para o colágeno hidrolisado, três mecanismos de ação são propostos para o tratamento de
osteoartrite. Primeiramente, estudos in vitro sugerem que peptídeos contribuem para a formação
da estrutura da cartilagem (building blocks). Não está esclarecido se os possíveis efeitos do
colágeno hidrolisado são causados pelo conteúdo de aminoácidos (uma quantidade relativamente
alta de prolina e glicina) ou pelos efeitos dos peptídeos que atravessaram a mucosa intestinal.
Além disso, há evidências de que o colágeno hidrolisado também influencie no metabolismo ósseo.
Por último, é relatado que o colágeno hidrolisado reduz a pressão sanguínea em animais e em
humanos, sugerindo um possível mecanismo de ação via sistema vascular.